Estudos Bíblicos

CURAS E MUDANCAS GERADAS PELO DESEJO DE VOLTAR À ANTIGA COMUNHÃO
  • Rute 4:13-22 – AD São Mateus – 4a. feira, 30/01/2013 – Pr. Deiró de Andrade.

     

    Há muitos casos em que a avó se torna a guardiã de seu neto, em razão da impossibilidade dos pais em cria-los. Alguns destes casos são conhecidos por muitos. Todos, ou pelo menos a maior parte de nós, conhecemos a história de Rute, a bisavó de Davi.

     

    No tempo da escassez, naturalmente as pessoas costumam buscar melhores condições.

     

    -          Também é assim na igreja, quando parece que os cultos estão ficando sem a Palavra de Deus que alimenta o povo, por exemplo.

     

    • Alguns irmãos vão para a sede do trabalho, outros, por entenderem ser distante, procuram outros “pastos” ou ministérios.

     

    • Coisa pior acontece, quando as pessoas acabam por sair da direção de Deus, indo buscar “alimento” em terras estranhas à comunhão.

     

    No tempo dos juízes aconteceu um episódio doloroso para toda a nação dos hebreus. A fome chegou e assolou o país inteiro.

     

    -          Elimeleque, de Belém de Judá, casado com Noemi e pai de Malom e Quiliom, do bairro de Efrata, decidiu sair de sua terra para uma jornada nas terras de Moabe, onde poderia ter alguma “segurança alimentar”.

     

    • Quando um pai se afasta da comunhão, há uma tendência de que toda a família acabe por sofrer a mesma consequência.

     

     

    -          Conheci de perto a comunhão de uma doce família, amigos próximos de nós, cujo pai era um pastor dinâmico e exemplar. Eram nossos vizinhos e os amávamos como ainda os amamos hoje.

     

    • Em dado momento de sua história,  os recursos financeiros fartos mudaram seu coração e ele se tornou frágil às investidas do inimigo. Uma jovem trabalhadora num certo comércio o encantou e seduziu, fazendo que sua vida se tornasse muito complicada.

     

    • Visitas, orientação, conselhos, apoios, oração, nunca faltaram, mas seu coração estava endurecido pelo erro e o pecado.

     

    • A família que antes se espelhava naquele exemplar pai, agora via-se sem chão e referência. Cheguei a viajar de outro estado onde morava, apenas para visitá-los e orar com eles. Infelizmente não fui competente bastante para demovê-lo daquela infeliz jornada.

     

    • Os filhos que conseguiram olhar para Jesus, além daquele exemplo pernicioso, continuaram em Cristo, ainda que aos trancos e barrancos, com coração sangrando de dor.

     

    • Um pai que se desvia, pode levar uma família inteira à desviar-se com ele. Ainda oro pela restauração deles.

     

    O caso de Elimeleque com a família durou cerca de dez longos anos nas terras de Moabe.

     

    -          Ele morreu na terra de Moabe, deixando viúva Noemi, com dois jovens adolescentes.

     

    • Estes dois jovens também morreram cedo, após o casamento. Não chegaram sequer a terem filhos de seu casamento com belas jovens moabitas.

     

    • A vida de Noemi se tornou extremamente amarga. viúva, triste, e sem os dois filhos que a pudessem amparar na velhice, via a cada dia aumentar sua dor.

     

     

    É semelhante a história do jovem chamado por nós de “filho pródigo”.

     

    -          O vazio de alma que o deixava pobre espiritualmente, o levou a sair de casa, embora com fartura de recursos financeiros e cuidados familiares.

     

    • Ele encontrou a tristeza e a dor, quando os recursos lhe faltaram e chegou ao mais fundo abismo, de onde decidiu voltar para a casa do pai.

     

    A maravilhosa Graça de Deus é tremendamente grande e alcança as pessoas ainda que no mais profundo e hostil dos vales.

     

    2a. Crônicas 30:9 – “Pois se voltares para o Senhor, vossos irmãos e vossos filhos acharão misericórdia diante dos que os levaram cativos, e tornarão para esta terra; porque p Senhor vosso Deus é clemente e compassivo, e não desviará de vós o seu rosto, se voltardes para ele”.

     

    Lembramos da oração feita pelo Servo de Deus, Salomão, ao edificar o Templo.

     

    2a. Crônicas 6:28-33 – “Se houver na terra fome ou peste, se houver crestamento ou ferrugem, gafanhotos ou lagarta; se os seus inimigos os cercarem nas suas cidades; seja qual for a praga ou doença que houver; toda oração e toda súplica que qualquer homem ou todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a sua praga e a sua dor, e estendendo as suas mãos para esta casa, ouve então do céu, lugar da tua habitação, e perdoa, e dá a cada um conforme todos os seus caminhos segundo vires o seu coração (pois tu, só tu conheces o coração dos filhos dos homens) para que te temam e andem nos teus caminhos todos os dias que viverem na terra que deste a nossos pais. Assim também ao estrangeiro, que não é do teu povo Israel, quando vier de um país remoto por amor do teu grande nome, da tua mão poderosa e do teu braço estendido, vindo ele e orando nesta casa, ouve então do céu, lugar da tua habitação, e faze conforme tudo o que o estrangeiro te suplicar, a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, e te temam como o teu povo Israel, e saibam que pelo teu nome é chamada esta casa que edifiquei”.

     

    O Salmista Davi, experiente nas coisas do sofrimento, abandonado, isolado e sozinho, chega mesmo perto do fim, mas conhecia o segredo da oração e buscou a Deus.

     

    Salmos 25:5-16 – “Guia-me na tua verdade, e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo o dia. Lembra-te, Senhor, das tuas misericórdias e das tuas benignidades, porque são desde a eternidade. Não te lembres dos pecados da minha mocidade, nem das minhas transgressões; mas, segundo a tua misericórdia, lembra-te de mim, por tua bondade, Senhor; Bom e reto é o Senhor; pelo que ensinará o caminho aos pecadores, guiará os mansos retamente, e aos mansos ensinará o seu caminho. Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam o seu concerto e os seus testemunhos. Por amor do teu nome, Senhor, perdoa a minha iniquidade, pois é grande. Qual é o homem que teme ao Senhor? Ele o ensinará no caminho que deve escolher. A sua alma pousará no bem, e a sua descendência herdará a terra. O segredo do Senhor é para os que o temem, e ele lhes fará saber o seu concerto. Os meus olhos estão continuamente no Senhor, pois ele tirará os meus pés da rede. Olha para mim, e tem misericórdia de mim, porque estou desamparado e aflito”.

    Sim, invocar o nome do Senhor é o segredo para encontrar forças para decidir voltar à comunhão da terra da benção.

     

    Isaias 55:8 – “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”.

     

     

    Alguns até poderão dizer: “mas para mim já é tarde, pois estou distante. Longe mesmo. No exílio, no erro, no pecado, no vício, na prisão, no mundo do inimigo”. O que fazer??? Quando alguém clama pela misericórdia de Deus, ainda que longe, ele é capaz de ouvir.

     

    2a. Crônicas 6:36-38 – “Se pecarem contra ti (pois não há homem que não peque), e tu te indignares contra eles, e os entregares ao inimigo, de modo que os levem em cativeiro para alguma terra, longínqua ou próxima; se na terra para onde forem levados em cativeiro caírem em si, e se converterem, e na terá do seu cativeiro t suplicarem, dizendo: Pecamos, cometemos iniquidade, procedemos perversamente; se eles se arrependerem e todo o seu coração e de toda a sua alma, na terra do seu cativeiro, a que os tenham levado cativos, e orarem voltados para a sua terra, que deste a seus pais, e para a cidade que escolheste, e para a casa que edifiquei ao teu nome, ouve do céu, lugar da tua habitação, a sua oração e as suas súplicas, defende a sua causa e perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti”. 

     

     

    Noemi estava distante, na terra de Moabe. Ela ouviu dizer que Deus tinha visitado o seu povo provendo alimento e decidiu voltar para casa, para seu povo e para a comunhão.

     

    -          Algumas pessoas ainda escutam os feitos do Senhor entre o seu povo. Como os tem guardado dos tempos de provações e angústias e mandado alimento do céu.

     

    Rute 1:6 – “Então se levantou ela com as suas noras, para voltar do país de Moabe, porquanto nessa terra tinha ouvido que o Senhor havia visitado o seu povo, dando-lhe pão”.

     

    A terra de Moabe não é lugar para os crentes. Não é lugar para os servos de Deus, ainda que houveram pecado ao saírem da direção do Senhor. Moabe é fruto de pecado.

     

    Genesis 19:34-37 – “No dia seguinte disse a primogênita à menor: Eis que eu ontem à noite me deitei com meu pai; demos-lhe vinho a beber também esta noite; e então, entrando tu, deita-te com ele, para que conservemos a descendência de nosso pai. Tornaram, pois, a dar a seu pai vinho a beber também naquela noite; e, levantando-se a menor, deitou-se com ele; e não percebeu ele quando ela se deitou, nem quando se levantou. Assim as duas filhas de Ló conceberam de seu pai. A primogênita deu a luz a um filho, e chamou-lhe Moabe; este é o pai dos moabitas de hoje”.

     

    -          O povo de moabe é proibido de entrar nas reuniões de Deus.

     

    Neemias 13:1 – “Naquele dia leu-se o livro de Moisés, na presença do povo, e achou-se escrito nele que os amonitas e os moabitas não entrassem jamais na congregação de Deus”.

     

    Deuteronômio 23:1-4 – “O quebrado de quebradura, e o castrado, não entrará na congregação do Senhor. Nenhum bastardo entrará na congregação do Senhor; nem ainda a sua décima geração entrará na congregação do Senhor. Nenhum amonita nem moabita entrará na congregação do Senhor; nem ainda a sua décima geração entrará na congregação do Senhor eternamente; Porquanto não saíram com pão e água, a receber-vos no caminho, quando saíeis do Egito; E porquanto alugaram contra ti a Balaão, filho de Beor, de Petor, de Mesopotâmia, para te amaldiçoar”.

     

    A saudade aperta. O desejo de voltar é grande. A força é pequena. Que dor!!!

     

    Apenas uma decisão.

    UMA DECISÃO PODE MUDAR TODO O CURSO DE UMA TRISTE HISTÓRIA.

     

    Deus, continua a dizer o que já dantes falou a Israel, quando o chamou para uma conversa de juízo, por causa de seus erros.

     

    Isaias 41:8-10 – “Mas tu, ó Israel, servo meu, tu Jacó, a quem elegi, semente de Abraão, meu amigo. Tu a quem tomei desde os fins da terra, e te chamei dentre os seus mais excelentes, e te disse: Tu és o meu servo a ti te escolhi e não te rejeitei. Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te esforço e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”.

     

     

    Isaias 43:1 – “Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu”.

     

    Sim, Deus continua a agir por sua misericórdia, dando novas oportunidades.

     

    Isaias 43:18-19 – “Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antiga. Eis que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz; porventura não a sabereis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo”.

     

     

    Noemi se levantou determinada, embora não tivesse qualquer força.

     

    Ela começou a caminhar devagar. Suas duas noras moabitas a acompanharam no início da jornada.

     

    Tanto Orfa quanto Rute decidiram caminhar para Judá, contudo o amargor das palavras de Noemi, fizeram que Orfa refletisse e decidisse por ficar entre os moabitas. Rute, a moabita, de um povo rejeitado e originário do pecado, decidiu que caminharia com Noemi para a terra que fora prometida a Abraão, servo do Senhor.

     

    A decisão de Noemi gerou mudanças na sua triste história.

     

    1. Noemi voltou a sentir o gosto de ser querida, amada, como mãe e como família, quando Rute disse-lhe que ficaria para sempre ao seu lado, onde quer que fosse.

     

    1. Noemi pode voltar a sentir o gosto de refletir o nome de Deus, pois Rute disse a ela que o Deus dela seria também o seu Deus.

     

    1. Noemi pode olhar para uma fagulha de esperança, porque Rute decidiu que trabalharia para sustentá-la, quando não tivesse mais forças para o labor.

     

    1. Noemi pode sentir-se segura, pois em sua jornada agora tinha uma companheira.

     

    1. Ela volta para a comunhão e traz ainda outra pessoa, ainda que de um povo rejeitado, mas decidida a ingressar nas fileiras de Deus.

     

    1.                                           i.    Discriminada nos cultos importantes, mas decidida a estar com Deus.

     

    1.                                         ii.    Estigmatizada por sua origem, mas decidida a estar com Deus.

     

    1.                                        iii.    Marcada pelo destino cruel, mas decidida a estar com Deus.

     

    1. Deus projetou um encontro com o remidor.

     

    Rute 4:1-8 – “E Boaz subiu à porta, e assentando-se ali, e eis que o remidor de que Boaz tinha falado ia passando; e disse-lhe: Ó fulano, desvia-te para cá, assenta-te aqui. E desviou-se para ali, e assentou-se. Então tomou dez homens dos anciãos dacidade, e disse: Assentai-vos aqui. E assentaram-se. Então disse ao remidor: Aquela part da terra que foi de Elimeleque, nosso irmão, Noemi, que tornou da terra dos moabitas, a vendeu. E disse eu: Manifestá-lo-ei em teus ouvidos, dizendo: Toma-a diante dos habitantes, e diante dos anciãos do meu povo; se a hás de redimir, redime-a, e, se não houver de redimir, declara-mo, para que o saiba, pois outro não há senão tu que a redima, e eu depois de ti. Então disse ele: Eu a redimirei. Disse porém Boaz: No dia em que tomares a terra da mão de Noemi, também a tomarás da mão de Rute, a moabita, mulher do defunto, para suscitar o nome do defunto sobre a sua herdade. Então disse o remidor: Para mim não a poderei, para que não dane a minha herdade, redime tu a minha remissão para ti, porque eu não a poderei redimir. Havia, pois, já de muito tempo este costume em Israel, quanto a remissão e contrato, para confirmar todo o negócio, que o homem descalçava o sapato e o dava ao seu próximo; e isto era por testemunho em Israel. Disse, pois, o remidor a Boaz: Toma-a para ti. E descalçou o sapato”.

     

    -          Parece com nossos dias, quando alguém volta do mundo e traz consigo alguém, aparecem os interessados nas coisas que poderão usufruir, mas ao descobrirem a origem, as vezes pouco ortodoxas, logo as rejeitam.

     

    • Boaz, apresentou o bônus e o ônus do remidor.

     

    A decisão de Boaz, o remidor, fez que a antiga lei de Moisés tivesse o efeito suspenso sobre Rute. Ela passou a integrar a sociedade dos hebreus.

     

    -          A decisão de Boaz trouxe ao mundo A Obede, que gerou a Jessé, que gerou a Davi.

     

    -          A decisão de Boaz, abriu um caminho para a linhagem do Salvador, pois a rejeitada moabita, agora figura na linha sucessória do Senhor Jesus. A antiga lei já não cabia.

     

    Mateus 1:4 – “E Arão gerou a Aminadabe, e Aminadabe gerou a Naassom; e Naassom gerou a Salmom; E Salmom gerou de Recabe a Boaz, e Boaz gerou de Rute a Obede; E Obede gerou a Jessé”.

     

    Boaz era filho de Raabe, com o soldado Salmom, dos exércitos de Israel.

     

    -          Quem conhece sua própria história, não aponta o dedo para a história de ninguém; Quem sabe de sua origem, conhece a palavra misericórdia; Quem reconhece seu antigo estado, e a remissão pela graça, tem misericórdia.

     

     

    Voltamos ao assunto de Noemi.

     

    Noemi podia agora voltar a sorrir.

     

    -          Ela voltou a ter um teto para morar com dignidade.

     

    -          Ela voltou a ter comunhão com seus irmãos de fé e história e pode andar pelas ruas.

     

    -          E, por final, quando Rute está para dar à luz uma criança, ela está ao seu lado, e vê nascer a Obede, tomando-o nos braços e sendo a sua ama.

     

    -          Ela, agora, ouve as pessoas a dizer que o Senhor lhe concedera um filho.

     





Congregações

Selecione abaixo a congregação para acessar a Home Page.

Programação

Escola Bíblica
Domingos 9:00hs
Culto da Família
Domingos 18:30hs
Batismo e Santa Ceia
1° Sábado de cada mês - 19:00hs
Cultos da Noite
2° a 6° feira - 19:30hs
Cultos da Tarde
2° a 6° feira - 15:00hs
Cultos da Manhã
2° a 6° feira - 09:00hs
Ensaio Nova Geração
Domingos 11:00hs

Anúncios

Igreja Evangélica Assembléia de Deus em São Mateus
Matriz: Av. Mateo Bei, 263 - São Mateus - São Paulo - SP - Cep: 03949-010
(11) 2919.4244 (atendimento de segunda a sexta das 14h00 as 21h00 - exceto feriado)