Estudos Bíblicos

ASPECTOS E LIÇÕES DE UMA FÉ QUE SURPREENDE
  • Mateus 8:5-13 – ADSM – 4a. feira, 25/02/2015 – Pr. Deiró de Andrade. 

    A igreja de Jesus possui valores inegociáveis. Valor é aquilo pelo que vale à pena viver, trabalhar, sofrer, e até morrer. Está no DNA espiritual e emocional de cada crente. A igreja amadurecida está sempre em oração por aqueles que se dirigem ao púlpito para pregar. Ela pede a Deus que os pregadores sejam apenas instrumentos de Deus, para transmissão de Sua Palavra, e não propagadores de ideias próprias. Uma questão de fé.

     

    1a. Coríntios 13:13 – “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”.

     

    1. – Sem fé é impossível agradar a Deus;
    2. Esperança – Esperamos o melhor, por isto não tememos o mundo aqui;
    3. Amor – Que é base dos relacionamentos com Deus e os irmãos.

     

    1. Estes três nos conduzem ao quarto pilar que é o Serviço.

     

    Tenho sido conduzido pelo Senhor, nos últimos dias, a falar mais sobre a fé. Meu desejo e oração é que Deus aumente a cada dia mais a nossa fé. Sim, o ser humano recebeu de Deus potencialidades espirituais para o desenvolvimento da fé...

     

    A fé é algo que Deus criou e disponibiliza a todo ser humano. Ela pode ser fortalecida, desenvolvida ou robustecida.

     

    Existem pessoas com mais fé que outras, como o próprio Senhor Jesus atestou...

     

    Mateus 8:23-29 – “E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. E eis que se levantou no mar tão grande tempestade que o barco era coberto pelas ondas: ele, porém, estava dormindo. Os discípulos, pois, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Salva-nos, Senhor, que estamos perecendo. Ele lhes respondeu: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se grande bonança”.

     

    -       Percebam que este episódio está ligado à passagem que lemos, onde o centurião romano, apresenta uma fé que causa admiração até mesmo em Jesus.

     

    -       Percebam, também, que os personagens desta passagem, são os discípulos de Jesus, em treinamento intensivo para a obra. Eles demonstram uma fé fragilizada.

     

    Noutro momento, Jesus atesta novamente que alguém pode ter uma fé mais robusta...

     

    Mateus 15:27-28 – “Ao que ela disse: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Então respondeu Jesus, e disse-lhe: ó mulher, grande é a tua fé! Seja-te feito como queres. E desde aquela hora sua filha ficou sã”.

     

    -       Percebam que aquela mulher era estrangeira também... Ela demonstra humildade ao apresentar a fé...

     

    Todo ser humano recebeu de Deus uma capacidade de desenvolvimento da fé. Todos. Mas, A Fé que agrada a Deus é regada de humildade.

     

    Tenho me preocupado um pouco com pessoas que “cultuam” a referência da própria fé. Alguns chegam mesmo a dizer que têm muita fé.

     

    -       Os budista, hindus, xintoístas, islâmicos, macumbeiros, e, mesmo os materialistas ou de qualquer outra crença podem desenvolver a sua fé.

    • Alguns confiam no Mamom, quando o dinheiro se torna o deus deles...
    • Outros confiam em suas capacidades, influências, conhecimento ou ciências.

     

    O cristão aprende exercitar a fé, a fim de desenvolvê-la e agradar a Deus... O crente sem fé fica distante de Deus e nunca experimenta de fato as riquezas da SUA Graça.

     

    Hebreus 11:6 – “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; Porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”.

     

    -       É pela fé que alcançamos um bom testemunho...

     

    -       É pela fé que entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus, podendo agora ser visto, embora tenha surgido daquilo que não se vê...

     

    -       É pela fé que cremos que Jesus é o Filho de Deus que foi enviado ao mundo para nos salvar através de sua morte expiatória e justificadora...

     

    • A ciência experimenta, vê e prova, para depois crer; A fé crê, para depois ver...

     

    João 20:26-31 – “Passados oito dias, estavam outra vez ali reunidos os seus discípulos, e Tomé, com eles. Estando as portas trancadas, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco! E logo disse a Tomé: Põe aqui o dedo e vê as minhas mãos; Chega também a mão e põe-na no meu lado; Não sejas incrédulo, mas crente. Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu! Disse-lhe Jesus: Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram. Na verdade, fez Jesus diante dos discípulo muitos outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome”.

     

    -       Observe que Jesus aponta a possibilidade de alguém crer apenas por ver...

     

    -       Observe que os sinais estão registrados, para que as pessoas creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus.

     

    -       Mas, perceba que Jesus afirmou que são realmente felizes os que creram sem ver.

     

    Salmos 106:1-16 – “Aleluia! Rendei graças ao Senhor, porque ele é bom; Porque a sua misericórdia dura para sempre. Quem saberá contar os poderosos feitos do Senhor ou anunciar os seus louvores? Bem-aventurados os que guardam a retidão e o que pratica a justiça em todo tempo. Lembra-te de mim, Senhor, segundo a tua bondade para com o teu povo; Visita-me com a tua salvação, para que eu veja a prosperidade dos teus escolhidos, e me alegre com a alegria do teu povo, e me regozije com a tua herança. Pecamos, como nossos pais, cometemos iniquidade, procedemos mal. Nossos pais, no Egito, não atentaram às tuas maravilhas; Não se lembraram da multidão das tuas misericórdias e foram rebeldes junto ao mar, o Mar Vermelho. Mas ele os salvou por amor do seu nome, para lhes fazer notório o seu poder. Repreendeu o Mar Vermelho, e ele secou; Fê-los passar pelos abismos como por um deserto. Salvou-os das mãos de quem os odiava e os remiu do poder do inimigo. As águas cobriram os seus opressores; nem um deles escapou. Então, creram nas suas palavras e lhe cantaram louvor, Cedo, porém, se esqueceram das suas obras, e não lhe aguardaram os desígnios; Entregaram-se à cobiça no deserto; e tentaram a Deus na solidão. Concedeu-lhes o que pediram, mas fez definhar-lhes a alma. Tiveram inveja de Moisés, no acampamento, e de Arão, o santo do Senhor”.

     

    -       Percebam que são felizes aqueles que, diariamente, guardam a retidão e praticam a justiça. A prosperidade e alegria dos escolhidos, alegra o coração de todo crente...

     

    -       Mas, observem também, que, ao esquecerem das misericórdias de Deus, as pessoas se tornam rebeldes quando enfrentam as dificuldades...

     

    -       Mais do que isto, Quando vivem na rebeldia, as pessoas só conseguem enxergar a bondade de Deus, e crer na sua palavra, quando ELE opera um grande milagre.

     

    • Observem também, que gente assim, logo se esquece das obras do Senhor e precisa de outras obras que satisfaçam a sua cobiça, para continuarem crendo.

     

    • O mais assustador disto é que... “Entregaram-se à cobiça no deserto; e tentaram a Deus na solidão. Concedeu-lhes o que pediram, mas fez definhar-lhes a alma”.

     

    -       A cobiça cega tanto as pessoas, que elas chegam a desenvolver uma triste inveja dos servos de Deus, e pecam contra o Senhor. Isto porque não conseguem crer sem ver.

     

    A ciência experimenta até crer. A fé crê até que experimenta...

     

    No texto de hoje, o Espírito Santo revela aspectos e lições de uma Fé que agrada a Deus.

     

    O personagem não é hebreu, mas um oficial romano, destacado na sociedade.

     

    -       Ele servia como comandante de uma tropa de 100 soldados treinados, do exército imperial que dominava o mundo por 300 anos. Era alguém realmente importante.

     

    -       Era alguém que possuía servos, portanto era rico e tinha poderes e prestígio.

     

    O centurião vai até Jesus apresentar um problema de um servo que sequer recebia salário.

     

    Roma era um império inteligente, por isso ficou tanto tempo no poder. Quando dominavam uma nação, eles permitiam que a religião daquele povo continuasse a existir.

     

    -       Em Corinto na Grécia, por exemplo, eles não interferiam na religião politeísta.

     

    -       Em Israel, eles permitiam que se continuasse a cultuar ao Deus de Israel.

     

    • Eles mantinham uma liberdade vigiada, por isto encrencaram com Jesus, que as pessoas declaravam ser o rei dos judeus, e isto envolvia política.

     

    Jesus ficou tão admirado com a fé daquele centurião, que afirmou não ter encontrado uma fé como aquela, mesmo em Israel, o povo da promessa...

     

    QUE ASPECTOS JESUS VIU NESTA FÉ QUE O FEZ ADMIRAR-SE?

     

    1. A fé do centurião tinha alvo, direção e foco, e era acompanhada de humildade; A fé do centurião reconhecia autoridade, e sabia confiar na recompensa; A fé do centurião foi capaz de crer numa pequena frase de Jesus, e confiar nele;

     

    Vejamos cada um deles...

     

    1. 1.    A fé que agrada a Deus precisa ter alvo, direção e foco.

     

    A questão não é ter fé, mas em quem está posta a fé. Faz toda a diferença em quem confiamos, ou, de que forma confiamos. O texto original diz que Jesus ficou admirado com a apresentação da fé daquele oficial romano, por causa de sua resposta à manifestação do Senhor.

     

    A fé que agrada a Deus é aquela que está direcionada somente a ELE, por Cristo Jesus, nosso Senhor...

    1. Todas as religiões cultuam divindades e depositam crenças em muitas coisas, inclusive no dinheiro ou competência profissional, no caso dos materialistas...

     

    1.                                           i.    O centurião não foi buscar curandeiros, ou outras possibilidades, mas a Jesus, de quem tinha ouvido falar e crera.

     

    1.                                         ii.    Muitos afirmam ter a sua fé em Jesus, mas não conseguem entregar o seu caminho e vida a ele... (salmo 37:5).

     

    1. Têm medo de tudo. Vivem apavorados; Não entram em avião; Não se envolvem na Obra de Deus; Não dizimam; Têm medo!

     

    1. A poucos dias o mundo assistiu aterrorizado a decapitação de nossos irmãos, feita pelos extremistas islâmicos.

     

    1. Muitos morreram orando ou cantando, com brilho no rosto e inteira certeza do céu com nosso Senhor.

     

    Quem tem fé, deve se comportar como quem tem fé; Quem confia em Deus, precisa se comportar como quem confia em Deus.

     

    1. Há quem diga possuir um grande fé, mas tropeça por qualquer coisa, e afunda.

     

    1. Há quem imagina ter uma fé maior que os demais irmãos, mas não suporta ser submisso e logo, cegados pela inveja, querem dividir a igreja de Deus.

     

    1.                                           i.    Quem realmente tem fé, sabe que por traz das lágrimas e lutas do dia a dia, está a segurança de receberem o galardão das mãos do Senhor.

     

    Mateus 5:11-12 – “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem, perseguirem e, mentindo disserem todo o mal contra vós por minha causa. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós”.

     

    1. Quando a fé está direcionada a Cristo, nada nos poderá separar do amor de Deus. Não basta ter fé; é preciso que a fé esteja no lugar certo.

     

     

    1. 2.    A fé precisa ser acompanhada de humildade.

     

    Aquele homem reconhecidamente importante da sociedade, rico e poderoso, afirmou não ser digno de que Jesus entrasse debaixo de seu telhado...

     

    1. Muitos imaginam que, para receberem algo de Deus, precisam merecer; Assim, entram pela carnalidade ao se esquecerem da Graça. Sacrificam o tempo todo.

     

    1.                                           i.    Um exemplo disto são aqueles que imaginam que para serem batizados com o Espírito Santo precisam fazer por merecer. O único requisito que o Senhor pede é que as pessoas creiam nele. Crer é suficiente.

     

    1. O problema é que não sabem agir como quem crê, por isto fazem tanta questão de “sacrificar” o tempo todo.

     

    1. A salvação e o Batismo no Espírito Santo acontecem pela fé na Graça de Deus, Um favor que ELE nos oferece, sem merecermos.

    Em Éfeso, Paulo encontrou uns irmãos, e quis saber deles como estavam espiritualmente.

     

    Atos 19:1-7 – “Aconteceu que, estando Apolo em Corinto, Paulo, tendo passado pelas regiões mais altas, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos, perguntou-lhes: Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes? Ao que lhe responderam: pelo contrário, nem mesmo ouvimos que existe o Espírito Santo. Então, Paulo perguntou: Em que, pois fostes batizados? Responderam: No batismo de João. Disse-lhes Paulo: João realizou batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em Jesus. Eles, tendo ouvido isto, foram batizados em nome do Senhor Jesus. E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e, tanto falavam em línguas como profetizavam. Eram, ao todo, uns doze homens”.

     

    -       Percebam que eram crentes, mas não tinham ouvido falar do Espírito Santo.

     

    • Pastores e pregadores precisam falar com maior clareza e seriedade acerca do Espírito Santo.

     

    -       Percebam também que, ao ouvirem falar, eles creram e, com a imposição das mãos do servo de Deus, receberam o Espírito Santo, falaram novas línguas e profetizaram.

     

    • Notem que a condição de receber foi crer. Quem crê, recebe o dom de Deus.

     

    Quando a pessoa tenta fazer por merecer, e coloca “preço”, peca contra o favor do Senhor.

     

    Atos 8:17-23 – “Então, lhes impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo. Vendo, porém, Simão que, pelo fato de imporem os apóstolos as mãos, era concedido o Espírito Santo, ofereceu-lhes dinheiro, propondo: Concedei-me também a mim este poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo. Pedro, porém, lhe respondeu: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois julgaste adquirir por meio dele, o dom de Deus. Não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, da tua maldade e roga ao Senhor; Talvez te seja perdoado o intento do coração”.

     

    1. É preciso crer na pessoa certa, da maneira certa, pois tudo vem da Graça.

     

    1.                                           i.    Não se pode ser arrogante ou soberbo, pois fé anda lado a lado com a humildade. Não se pode menosprezar outro servo de Deus.

     

    1. Graça é favor; É algo que não se merece receber, mas se recebe por crer na Graça de quem pode favorecê-lo. Diga a Jesus que não és digno, mas crê nele.

     

    Em certa ocasião, João viu uma reunião frequentada pelos grandes bíblicos, mas, nenhum deles se sentiu digno da tarefa especial. Fé combina com humildade.

     

    Apocalipse 5:2-9 – “Vi, também, um anjo forte, que proclamava em grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os selos? Ora, nem no céu, nem sobre a terra, nem debaixo da terra, ninguém podia abrir o livro nem mesmo olhar para ele, e eu chorava muito, porque ninguém foi achado digno de abrir o livro, nem mesmo de olhar para ele. Todavia, um dos anciãos me disse: Não chores: Eis que o Leão da Tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos. Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos, de pé, um Cordeiro como tendo sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus enviados por toda a terra. Veio, pois, e tomou o livro da mão direita daquele que estava sentado no trono. E, quando tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos, e entoavam novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus os que procedem de toda trio, língua, povo e nação”.

     

    1. Enoque, Abraão, Isaque, Jacó, Moisés, Davi, Salomão, Elias, Malaquias, Pedro, Barnabé, Paulo, e todos os nossos irmãos do passado, presente e futuro, estavam reunidos num ambiente em que ninguém se achava digno.

     

    1.                                           i.    De vez em quando, lembre-se que você não tem nenhum salmo registrado na Bíblia e não é melhor do que Asafe, o cantor do Senhor.

    Salmo 73:1-3 – “Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo. Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos perversos”.

     

    1. A fé, as vezes é posta à prova, quando um irmão vacila e magoa outro irmão, que se afasta da igreja, por causa de atitudes imbecis de alguém. Vejam a fragilidade da fé...

     

    1.                                           i.    Qual a culpa da igreja de Cristo, pelas atitudes imbecis de alguma pessoa insensata?

     

    1.                                         ii.    Somos crentes em Jesus, e devemos confiar na Graça e favor que ele nos dá, sem que mereçamos.

     

    1.                                        iii.    Quando louvamos, cantamos, dizimamos ou ofertamos é por amor a Ele, e com o único desejo de servirmos à SUA obra.

     

    1. A fé nunca é super. Cremos em Jesus e SUA maravilhosa Graça!

     

    1. Algumas pessoas querem entrar em centros de macumba para evangelizar, mas isto não é evangelizar, é afrontar.

     

    1.                                           i.    Lembre-se que a pessoa que você deve alcançar está o tempo todo perto de você, no trabalho, na escola, na casa vizinha.

     

    1. Outros querem ir ao carnaval evangelizar e colocam em risco sua integridade espiritual por causa da concupiscência dos olhos. Evangelize o ano inteiro...

     

    1.                                           i.    Ao diabo se enfrenta, mas dos desejos da mocidade se foge.

     

     

    1. 3.    A fé sempre reconhece autoridade e confia na recompensa.

     

    O centurião foi a Jesus. Ele sabia quem era , e também quem era Jesus.

     

    1. Mas, ao deparar-se com Jesus, ele logo entendeu que a autoridade de Jesus era tão imensa que ele sequer merecia a visita DELE em casa.

     

    1.                                           i.    Ele sabia que uma palavra dita por alguém com tamanha autoridade, imediatamente surte o efeito necessário.

     

    1.                                         ii.    Ele sabia que, quando alguém com autoridade manda, e é obedecido, as coisas acontecem...

     

    1. Ele ouvira falar do poder e do amor de Jesus, portanto, ele sabia que o desejo de Jesus, sempre é melhorar as pessoas...

     

     

    1. A fé leva a pessoa a prestar sua atenção nos pequenos detalhes da promessa.

     

    As vezes Jesus fala apenas uma frase. Nada mais. A resposta está numa frase. “Eu vou curá-lo...”.

     

    1. Não houve espetáculo da fé, ou explosão de milagres...

    Quem sabe esta seja a tua frase para hoje. Jesus vai curá-lo.

    1.                                           i.     

    Fé não é pensamento positivo, nem confissão positiva...

     

    -       Pensamento positivo e confissão positiva é coisa da psicologia... Fé é coisa de Deus.

     

    Fé não é probabilidade, nem roleta russa

     

    -       Probabilidade é matemática, roleta russa é insensatez. Fé é coisa de Deus.

     

    Nós sabemos que os mundos foram criados pela Palavra de Deus, e sabemos que o homem foi feito à imagem de Deus, pelas próprias mãos de Deus.

     

    Nós sabemos que Deus nos ama muito, e sabemos que Ele enviou seu Filho ao mundo para nos salvar dos nossos próprios pecados, e nos resgatar da maldição em que estávamos.

     

    Romanos 5:8 – “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós, ainda pecadores”.

     

    • Nós sabemos de tudo isto pela fé, e não precisamos de outras provas.

     

    • Caso saiamos a procura de provas para convencimento, é porque a fé ainda não chegou ao coração.

     

     

    ENTÃO, O QUE É FÉ?

     

    Hebreus 11:1 – “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova da coisas que se não vêm”.

     

     

    é a convicção daquilo que você ainda não viu, mas sabe que vai acontecer.

     

    é o alicerce da esperança, pois se sabe com inteira certeza que vai acontecer.

     

     

    Para aquele centurião romano, bastou uma palavra, e ele acreditou, pois sabia que a pessoa que falar, era poderoso para cumprir o que diz...

     

    -       Por colocar sua fé em Jesus, e crer em sua Palavra, ele recebeu a benção em casa.

     

    • Apenas uma pequena frase bastou. Nada de histeria ou mídia maçante.
    • Apenas uma frase. Nada de campanhas intermináveis que prendem.

     

    “... Haja luz, e houve luz; Haja separação entre águas e águas, e houve a separação; Hajam plantas, e houveram plantas; Hajam animais e peixes, e houveram animais e peixes...”

     

    “... Lança a rede do lado direito do barco, e encontrarão. Obedeceram e pegaram os peixes”.

     

    Basta uma palavra... Então, creia na Palavra.

     

    A fé nunca é exclusivista ou sectária.

     

    Mateus 8:11 – “Digo-vos que muitos virão do Oriente e do Ocidente e tomarão lugares à mesa com Abraão, Isaque e Jacó no reino dos céus”.





Congregações

Selecione abaixo a congregação para acessar a Home Page.

Programação

Escola Bíblica
Domingos 9:00hs
Culto da Família
Domingos 18:30hs
Batismo e Santa Ceia
1° Sábado de cada mês - 19:00hs
Cultos da Noite
2° a 6° feira - 19:30hs
Cultos da Tarde
2° a 6° feira - 15:00hs
Cultos da Manhã
2° a 6° feira - 09:00hs
Ensaio Nova Geração
Domingos 11:00hs

Anúncios

Igreja Evangélica Assembléia de Deus em São Mateus
Matriz: Av. Mateo Bei, 263 - São Mateus - São Paulo - SP - Cep: 03949-010
(11) 2919.4244 (atendimento de segunda a sexta das 14h00 as 21h00 - exceto feriado)